Ufologia não é CRENÇA, é FATO!!! Sejam bem vindos ao UFOLOGIA EM BUSCA DA VERDADE.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Ubirajara Franco Rodrigues e sua mudança de opinião.

Atendendo a pedidos vou falar um pouco sobre o Ufólogo Ubirajara Franco Rodrigues e sua mudança repentina.

Na verdade ele era uma mente de muito valor. Eu sempre procuro ter uma visão cética de tudo até mesmo quando estou vendo algo bem na minha frente para não perder a postura científica de qualquer coisa. Procuro conversar com gente realmente cética e buscar várias opiniões de céticos e não céticos por achar que mais de uma cabeça sempre pensam melhor do que uma só. Não perder o foco cientifico, tanto na ufologia quanto em qualquer área de pesquisa é o que se pode ter de mais importante.

Ubirajara sempre teve essa postura. Na verdade ele tem expunha o pensamento que eu acho mais correto e saudável para se implementar qualquer estudo ou investigação, maaaas, na minha opinião, sem equilíbrio. Explico.

Como disse, conheço pessoas céticas, gosto de conversar e trocar idéias com elas e isso é sempre util. Mas conversando com alguns eu vejo que a pessoa se perde no próprio materialismo. É o caso dele. Alguns pesquisadores, tem mania de querer provar sua crença, e isso tende para dois lados que devem ser bem esclarecidos. Vamos pegar aqui o próprio exemplo em questão para explicar esse pensamento. Ubirajara tem uma postura cética. Ele conduz uma investigação qualquer... Ufológica, paranormal, seja o que for. Ele crê que não existe nada disso, logo vai fazer de tudo para provar que não é verdade nem se o ET de varginha aparecer no quarto dele e começar a esganá-lo.

Uma pessoa cética que crê firmemente NO NADA, pode cair no erro de querer provar o que acha que é verdade e nesse caminho os dois se perderam. O não cético pode estar conduzindo uma investigação tentando provar que há chifre em cabeça de cavalo e o incrédulo pode estar diante da verdade e negá-la.

Aqui vai um vídeo antigo que mostra muito da postura de Ubirajara, a principio você leitor pode ver que sua postura é boa para conduzir uma investigação, porém mais pra frente do vídeo você vai poder ver que ele tenta enganar a própria mente, tentando provar para si mesmo que não é real algo que ele mesmo foi testemunha ocular... E aí que esta o desvio e o erro.
Desde o post do dia 15 de agosto de 2010 sobre a descaracterização da Ufologia, feita pelo telejornal Fantástico, algumas pessoas vem me pedindo para explicar melhor essa MUDANÇA DE LADO do senhor Ubirajara Franco Rodrigues.

Bom, já vimos até aqui como era sua postura, isso é muito importante para entender, que para ele, é até mesmo confortável tendo sempre tido essa posição digamos agora QUASE SAUDAVEL como investigador. Um cara que acha que não esta de forma nenhuma sendo traídos pelas suas crenças... Mas como tudo tem dois lados, não consegue perceber quando sai do prumo e começa seu erro por crença cética.

É preciso que haja um equilíbrio, seja cético ou não, avalie tudo com sobriedade, e não tenha medo do resultado! Se não, ao enxergar o desconhecido, a pessoa pode querer até mudar de lado e varrer pra baixo do tapete.

Mas isso é um caminho, não foi o que aconteceu com Ubirajara.

Como explicado no post do dia 15/08/2010, Ubirajara foi um dos maiores pesquisadores do Caso Varginha e o primeiro a investigar o caso para depois descaracterizar tudo em pleno jornal. Sua posição atual totalmente contra a Ufologia e, declarando até mesmo ter nojo de ter se atrelado ao movimento dos ufólogos não surge de uma hora para outra exatamente. Ela surge de uma hora para outra depois de um evento. E isso não pode ser de forma alguma ignorado.

Mas que evento foi esse?!

Declara Ademar Gevaerd, editor da revista UFO, que Ademar manteve sigilo sobre uma visita que teria feito a Escola de Sargento das Armas (ESA), onde supostamente o ET havia sido levado logo após a captura.

A visita a ESA aconteceu por ocasião de um inquérito policial militar para o qual tanto Rodrigues quanto Vitório Pacaccini, que foi responsável pelas gravações dos militares da FAB, foram convidados a depor, a fim de prestar esclarecimentos.

"-É muito estranho que depois desse fato, Rodrigues tenha mudado de posição progressivamente, e mantido realmente silêncio quanto a todo o episódio". Declarou o Editor da Revista UFO Ademar Gevaerd.

É de conhecimento de todos os Ufólogos e aos leitores que acompanham a Revista UFO, que a existência de tal inquérito foi denunciada e revelada publicamente há alguns anos por Ademar J. Gevaerd. "Revista UFO ed. 156, estando agora à matéria disponível no site da revista. O fato de maior gravidade no contexto do caso, depois da misteriosa morte do Policial Marco Eli Chereze, não foi mantido em sigilo, entretanto apenas por alguns pesquisadores, mas pelo próprio Exército, o que configura uma curiosa situação. De qualquer forma, agora motivado por medidas relacionadas à campanha UFOs: Liberdade de Informação Já, o Órgão acaba de reconhecer a existência desse inquérito, e a Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU) espera para ter acesso à documentação relativa a este procedimento.

Resumindo, Ubirajara e Vitório foram convidados a comparecer a ESA para esclarecer o fato de que tinham depoimentos gravados de militares envolvidos em algo que certamente não queriam que vazasse. Mas por que teriam eles feito sigilo de que teriam que depor? Por que esse dia de visita para depor teve que ser ocultado? Por que depois de seu depoimento Ubirajara passou a correr contra o movimento ufológico e declarar até mesmo nojo da ingenuidade dos Ufólogos e descaracterizar principalmente o Caso Varginha dizendo que nada aconteceu?

Não tem como não pensar que nesse dia houve um acordo entre as partes. Ubirajara e Vitório tinham os depoimentos e estavam encaixados em um contexto em que certamente lhes foi apresentada a verdade em troca do silêncio e descaracterização. Se não por barganha, por ameaça direta.

Não se pode afirmar nada disso, mas sinceramente, não tem como não pensar essas coisas. Até por que, ninguém muda tão drasticamente de opinião de um segundo para o outro e com data para ocorrer tal mudança.

Nesse momento, a postura cética de Ubirajara ajuda e muito a não parecer maluca a sua mudança de postura e opinião. Mas que ainda que haja uma mudança tão drástica de uma opinião é preciso ver as causas que levaram a tal.

Diante dessas causas expostas aqui eu te pergunto:
Você acha mesmo que isso foi só uma mudança simples de opinião?
Eu... Nem acho possível!

6 comentários:

  1. Por onde anda Vitorio Pacaccini?

    ResponderExcluir
  2. toda vez que começo a questionar a existência ou não dos ufos ,casos como a mudança de opinião do Dr.Ubirajara e o sumiço de Vitório Pacaccin, me fazem perguntar. Porque as autoridades insistem em obstruir a verdade? É claro que houve ameaças , investigação da vida particular dos ufólogos , chantagens , etc. Um IPM não é só o que consta dos papéis oficiais , mas principalmente o que não está escrito.Repito algo de misterioso aconteceu em Varginhas . Ets, seres da natureza , experiência genética , sei lá , o que eu sei é que temos o direito de saber a verdade.

    ResponderExcluir
  3. A Ufologia foi minha maior decepção na vida. Estive diretamente envolvido nas investigações oficiais do caso Varginha e fiquei altamente decepcionado com a falta de metodologia científica dos ufólogos. Sinceramente eu acredito que nosso planeta seja apenas uma pequena semente de vida no grande jardim do universo, mas a forma como foi tratado o caso Varginha é lamentável. Todos já haviam colocado como resultado a estória da captura do ET, sem que fossem respeitados os passos de investigação, levantamento de provas, contraprovas, análises e tudo mais... ou seja, se estabeleceu o que seria a verdade, então se torceu todo o tipo de fatos para que os mesmos pudessem se enquadrar na estória e, claro, deixando fora os que não se enquadravam. Ufologia não seria a busca da verdade? O Sr Ubirajara estava correto anos depois, quando analisou com mais detalhes a respeito do assunto e, acredito eu, não deve ter sido fácil pra ele refutar tudo em que acreditou por tanto tempo. A investigação oficial pode ser encontrada no STM, o documento é o IPM à respeito do assunto.

    ResponderExcluir
  4. O que acontece é que a própria Ufologia está sendo pressionada, eu achava que o Ademar J. Gevaerd, responsável pela revista UFO, fosse uma pessoa mais receptiva a questões como esta, mas já perdi a conta de quantas vezes tentei entrar em contato com ele, com o site, mas nunca me responderam nada. Acredito que a pressão militar e de autoridades interessadas em abafar o caso, deve ser muito grande, porque ultimamente vejo verdades serem abafadas, e falsas verdades sendo formadas, tudo para confundir. Também busco a verdade, mas uma coisa tenho certeza, o ser humano ainda não está preparado para muita coisa.

    ResponderExcluir
  5. Procurei no face por arthur sergio neto pra falar do meu relato e nao encontrei! Meu relato é sobre o caso varginha talvez minha mae minha tia e eu sejamos as unicas pessoas a terem avistado o objeto pegando fogo,vamos do começo entao.Hj tenho 24 anos e moro em divinopolis,quando tinha por volta de 5 pra 6 anos meu pai que tem como sua cidade natal boa esperança mg resolveu voltar a morar la e alugou uma casa no bairro chamado vila do toco,certa noite tava na janela do meu quarto,a casa era um predinho de 2 andares,olhei pro ceu e avistei uma bola pegando fogo tava muito alto,na hora minha reação foi gritar a minha mae que veio correndo juntamento com minha tia Marli que tinha ido nos visitar,lembro muito bem da reaçao da minha mae ela disse com essas mesmas palavras.-Marli do ceu o que é isso! E tbm lembro muito bem da bola de fogo! Essa tia minha veio embora e ate hj ela tem as correspondencias que minha mae enviou pra ela naquela epoca dizendo que depois que eu avistei isso nunca mais dormi com a janela aberta nunca mais andei de bike a noite na porta da minha casa! Isso aconteceu em 1996 tenho quase certeza que tem relaçao com o caso varginha,tenho total certeza do que eu vi era um objeto pegando fogo bem alto q tenha caido em varginha ja q sao proximas as cidades

    ResponderExcluir
  6. Facebook desse relato lara x julio divinopolis mg

    ResponderExcluir